Alimentação Saudável para Turbinar sua Produtividade e Aumentar Seus Lucros Como Afiliado

Alimentação Saudável para Turbinar sua Produtividade e Aumentar Seus Lucros Como Afiliado

Começar a trabalhar como afiliado não é fácil.

Afinal de contas, muitas vezes temos de passar horas e horas na frente do computador.

Temos de trabalhar duro, buscando aprender e aplicar cada vez mais.

E acabamos até mesmo trocando o dia pela noite, em busca de dominar o mercado e conseguir gerar renda como afiliado.

Sendo que isso tudo piora ainda mais no caso de quem começa a trabalhar como afiliado fazendo a chamada “jornada dupla” — isto é, mantendo um emprego de dia (aquele que por enquanto paga as contas), e à noite otimizando sites e campanhas.

Nesse contexto em que priorizamos os resultados e o trabalho, não é incomum pagarmos o preço com a nossa saúde.

Sendo que fazer essa troca é uma verdadeira bomba-relógio: porque negligenciar a saúde é algo que vai impactar sua capacidade de trabalhar e de gerar resultados financeiros mais cedo ou mais tarde.

Por isso é importante focarmos em nossa saúde e disposição.

Não só para não sofrermos depois — mas sim porque nossa vida pode melhorar agora.

Isto é: imagine o quanto você vai gerar de resultados adicionais se conseguir trabalhar com mais foco, energia e produtividade?

Foco e produtividade

Se você tivesse tanta energia que, a cada hora de trabalho, conseguisse render o que antes equivaleria a 3 horas?

Com as estratégias corretas de cuidados com o corpo, você consegue.

E é isso que vamos ver hoje.

Então, leia atentamente até o final, porque, assim, você saberá exatamente:

  • qual a regra prática comum na hora de decidir se um alimento é bom para sua produtividade e saúde ou não,
  • qual a estratégia alimentar que seguimos para manter foco e energia constantes ao longo do dia todo, e
  • o sistema de horários de alimentação que pode te ajudar a maximizar ainda mais os resultados.

Sendo que ainda te daremos uma dica bônus que, quando aplicada, melhora ainda mais o efeito das estratégias acima.

Então vamos diretamente para a primeira dica.

Estratégia #1 — Fuja Dos “Falsos Alimentos”

Muitas vezes, no afã de sermos mais produtivos e economizarmos tempo, acabamos optando por opções “o mais práticas possível” de alimentação.

Geralmente, isso se traduz em coisas embaladas, prontas para o consumo.

Bolachas, salgadinhos, biscoitos, refeições congeladas…

Porém, este é um verdadeiro tiro no pé: porque esses “produtos comestíveis” que já vêm prontos contêm calorias — e carboidratos simples, e gorduras ruins…

falsos alimentos

Mas não contêm realmente os nutrientes necessários para você viver uma vida energizada e saudável: como vitaminas, minerais, e outros nutrientes importantes.

E a maneira mais fácil de obter esses nutrientes tão fundamentais é por meio da chamada comida de verdade.

Sendo que “comida de verdade” é um termo que usamos para nos referir a alimentos pouco processados.

Alimentos mais próximos da forma que são encontrados na natureza.

Alimentos que não costumam vir em embalagens.

Alimentos que têm “um ingrediente só” (como brócolis, por exemplo — ou ovo).

Alguns expoentes dessa lista incluem:

  • carnes (de todos os tipos),
  • frutos do mar,
  • ovos,
  • legumes,
  • verduras,
  • castanhas,
  • frutas,

alimentação saudável

E alimentos pouco processados no geral. Esse é o conceito geral por trás da chamada dieta paleolítica.

Os alimentos pouco processados são importantes porque:

  • têm mais nutrientes,
  • têm gorduras boas,
  • têm mais fibras,
  • tendem a ter menos calorias naturalmente,

E muito mais.

Por tudo isso, optar por alimentos de verdade é o primeiro passo para ter mais energia, foco e saúde.

Estratégia #2 — Acesse Essa Inesgotável Fonte De Energia

Depois do primeiro passo, podemos melhorar ainda mais o nosso fornecimento de energia interno.

Isso porque o nosso corpo tem duas fontes principais de combustível: glicose (carboidrato) e ácidos graxos (gorduras).

E, por meio da nossa alimentação, podemos comer de ambas as fontes.

No entanto, o que acontece quando não estamos comendo?

Nesse caso, nosso corpo vai buscar o “combustível preferido” em suas próprias reservas — como se fosse o tanque de combustível de um carro mesmo.

E é aí que a coisa fica interessante: porque nosso corpo consegue armazenar as duas formas de combustível.

Porém, o estoque de glicose que ele armazena é bem pequeno.

Enquanto o de gordura tende a ser centenas de vezes maior.

Por isso, é importante que o seu corpo consiga queimar essa gordura como combustível.

Para que você não seja “escravo do relógio”, tendo que parar a cada 2 ou 3 horas para comer.

A melhor forma de aprender a queimar gordura é seguindo uma dieta pobre em carboidratos e rica em gorduras saudáveis — veja aqui as principais variações.

Sendo que uma das mais populares entre as pessoas que desejam melhorar a performance cognitiva é a dieta cetogênica.

Nessa estratégia alimentar, seu cérebro vai utilizar os corpos cetônicos como combustível, o que — segundo várias pessoas — permite maior desempenho nas tarefas mentais.

Este é o estado metabólico conhecido como cetose.

Estratégia #3 — Otimize Seus Horários E Ganhe Tempo

Acabamos de falar sobre a não-necessidade de comer a cada 3 horas, certo?

Porém, qual o intervalo certo de refeições?

Será que existe uma “fórmula mágica” que funciona para todas as pessoas?

Decerto que não.

No entanto, pular refeições aqui ou ali pode não ser ruim, como antigamente se acreditava.

Muito pelo contrário: as evidências científicas mostram que essa prática (chamada de jejum intermitente) tem diversos benefícios para a saúde.

E, para quem trabalha como afiliado, o maior benefício tende a ser justamente a capacidade de ficar “livre” do relógio.

Porque você vai poder comer quando for conveniente e desejado…

Mas vai poder não comer quando achar melhor não comer.

Sem nenhum prejuízo no seu desempenho — nem na maneira como você se sente.

Isto é: você fica no controle do seu corpo.

Mas atenção: esta estratégia de jejum funciona melhor após a implementação da estratégia #2 que detalhamos acima.

Porque, justamente, nesses períodos sem comer, você vai querer usar a gordura do seu corpo como combustível.

Por isso, é importante já ter começado uma dieta que ensina o corpo a queimar gordura: para que não falte combustível quando você mais precisar.

Estratégia Bônus — Descanse Direito

Quando a agenda aperta e os compromissos se acumulam, o sono geralmente é a primeira coisa que é deixada de lado.

Mas não deveria ser.

dormir bem

Dormir bem é importante para descansar o corpo, ajudar a formar novas memórias, controlar o apetite, melhorar o humor… e praticamente todos os processos que nos tornam seres humanos felizes, produtivos e realizados.

Conclusão E Palavras Finais

Hoje, vimos 3 estrategias alimentares para ser mais produtivo

E mais uma estratégia bônus, que aumenta o poder das outras 3.

Nós seguimos essas dicas há anos — e, por isso mesmo, conseguimos trabalhar com sucesso no mercado digital.

Sugerimos que você faça o teste e nos conte o resultado.

Sendo que, para já, sua ação a tomar é simples: deixar um comentário aqui embaixo contando:

  • com qual dessas dicas você vai começar?
  • você já conhecia algum desses conceitos?

Comece comentando, e depois implemente — você vai querer nos agradecer depois.

Forte abraço!

Minicurso Gratuito Por E-mail Revela

Como Se Tornar Um Afiliado que Vende em 6 Dias.

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Mundo dos Afiliados
Mundo dos Afiliados

O Site Mundo dos Afiliados tem como missão compartilhar informações relacionadas a como ter sucesso com programas de afiliados usando as mais diversas ferramentas de marketing online.

    14 Comentários

    1. Ótimo Artigo! Geralmente só pensamos na saúde quando estamos dentes, então nessa correria para querer estudar/trabalhar horas e horas na frente do computador, acabamos esquecendo de nos alimentar melhor e fazer exercícios regularmente. Vou colocar na minha agenda a partir de hoje. Parabéns.

    2. Adorei as dicas. Realmente para qualquer atividade que formos desenvolver a nossa saúde é fundamental. E grande parte de nossa saúde depende de como nos alimentamos!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *