como posicionar o site nas páginas do google

Aprenda como se posicionar nas páginas do Google

Quando o objetivo é ganhar relevância e posicionamento no Google, saber qual estratégia de SEO adotar é imprescindível. 

O Google é a porta de entrada para muitos produtos, serviços e marcas. Por isso, a grande maioria dos internautas utiliza o site como uma janela para o mundo.

Mas para que isso seja possível, e as marcas sejam vistas, é necessário conhecer e identificar alguns critérios e hábitos que auxiliam no posicionamento dos resultados.

Afinal, ele não é feito de forma arbitrária, levando diversos aspectos em conta, como uso de palavras-chave.

Para que estratégias de posicionamento se tornem mais efetivas, é preciso reconhecer alguns termos que envolvem as ações, que são:

  • Indexação;
  • Rankeamento;
  • Algoritmos;
  • Regras de SEO.

Para saber mais sobre otimização de conteúdo para mecanismos de busca como o Google, confira o texto abaixo.

Ele vai te dar as informações necessárias para aprimorar o seu marketing digital e chegar a mais pessoas na web.

Como funciona a indexação?

O processo de rastreamento começa com uma lista de sites que passaram por rastreamento anterior e um mapa do site fornecido pelas próprias páginas.

Quando visitam esses endereços, os algoritmos rastreadores analisam os links para outras páginas e os acessa.  

O Google presta atenção especial à indexação de novas páginas da web, alterações em páginas da web existentes e links inativos. Assim, mantém o banco de dados sempre atualizado. 

O rastreador determina quais sites rastrear e com que frequência e quantas páginas busca em cada site. O Google é fiel à experiência do usuário e sempre encontra uma maneira de entregar o melhor conteúdo.  

Quando o Google encontra uma página, ele cria um tipo de cópia dela nos servidores. Isso significa que a página foi indexada, ou seja, está listada pelo Google e pode aparecer como resultado de pesquisa.  

O Google analisa diversos pontos para indexar o conteúdo em seu banco de dados. O ponto mais óbvio é se existe de fato uma correlação entre a página e o conteúdo que o usuário está procurando.

Quais são os fatores de rankeamento?

O rankeamento de um site ou de um anúncio de Instagram Ads não depende apenas dos algoritmos do Google.

A posição que cada link ocupa nos resultados tem relação direta com as regras de SEO, isto é, as regras de otimização para motores de pesquisa.

Prossiga a leitura para entender quais são essas estratégias e de que forma elas impactam os conteúdos digitais.

Pesquisa e otimização de palavras-chave

Para obter uma boa posição no Google, você deve fazer uma pesquisa de relevância de palavras-chave. Trabalhar com palavras-chave com alto volume de buscas é a solução mais adequada.

Para encontrar esses termos, você pode usar algumas ferramentas gratuitas fornecidas pelo próprio Google, como o Google Trends e o Google AdWords.

Ambos os sites ajudarão você a encontrar as melhores palavras para combinar com seu texto e promover uma melhor leitura para os algoritmos e para a própria audiência.

Backlinks de qualidade 

Algumas maneiras de melhorar a visibilidade online e os rankings de SEO não têm nada a ver com o que está no seu site necessariamente, mas com o que está no site de outra pessoa. 

À medida que mais pessoas são redirecionadas para seu site a partir de outros, o Google percebe isso relevância para o setor, melhorando a classificação.

Com backlinks, links em outras páginas que direcionam as pessoas para o seu site, a autoridade do seu endereço é criada. 

Quando seu site for referenciado de forma consistente por outros sites de qualidade, o Google reconhecerá isso como um sinal de confiança.

Otimização de imagens

A pesquisa visual é uma das principais tendências de SEO para os próximos anos. Com ferramentas como o Google Lens e o Pinterest Lens, os consumidores agora podem pesquisar imagens para fazer compras.

Para que tudo isso funcione, as empresas precisam otimizar suas imagens para SEO. Os recursos visuais tornam os demais formatos de conteúdo mais dinâmicos e fáceis de entender, além de possibilitar que o site seja encontrado em mais de uma ferramenta do google, como a primeira página de resultados ou no Google Imagens.

Meta descrições atraentes 

Meta descrições são aqueles pequenos textos que aparecem sob os títulos e URLs das páginas indexadas pelo Google.

Eles são extremamente importantes por dois motivos: ajudar o algoritmo a entender o conteúdo do texto e engajar os consumidores.

Portanto, sua meta descrição – como é chamada em português – deve ser chamativa, concisa e, de preferência, incluir palavras-chave.

Lembrando que isso também vale para outros tipos de resultados, como anunciar no Google Ads, que apesar de destacar os anúncios na página, o relaciona à pesquisas de palavras-chave, por exemplo.

Conteúdo qualificado

Por último, é necessário atender aos padrões de qualidade do Google para aparecer na primeira página.

O algoritmo sofre constantes mudanças e os fatores analisados ​​nem sempre são divulgados pela empresa. De qualquer forma, um critério nunca muda: relevância e qualidade do conteúdo.  

Para convencer o Google de que seu conteúdo é útil, você precisa desenvolvê-lo em uma estrutura que facilite a experiência dos usuários.

No caso de posts de blogs, é fundamental usar parágrafos curtos para facilitar a legibilidade. O uso de headings e elementos visuais também ajuda nesse aspecto.

Esses são os principais pontos do rankeamento de resultados do Google. Conhecê-los é vital para se destacar na web, junto a outras estratégias, como funciona o Facebook Ads.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima